sexta-feira, 25 de julho de 2014

É Amanhã, Dobradinha Classe A

É amanhã. últimos ingressos estão disponíveis no Chalé Restaurante, quem ainda não comprou é bom se apresar. A festa vai ser TOP TOP

Alceu Valença aquece a oitava noite do FIG

O Palco Mestre Dominguinhos recebeu, na abertura da noite de ontem (24), a Orquestra Jovem de Pernambuco. Sob a regência de Rafael Garcia, o grupo homenageou Ariano Suassuna. A apresentação ainda contou com a presença do solista Arthur Moreira Lima, que encerrou a apresentação da orquestra, sendo bastante aplaudido pelo público.

A segunda atração da noite trouxe a mistura do som do carimbó, da guitarrada e do merengue, com a cantora Lia Sophia, que mostrou seu carinho por Pernambuco ao trazer para o palco a bandeira do Estado. O show ainda contou com a participação especial dos cantores Elvis Pires e Carlinha Alves, que juntos cantaram a música “Em Plena Lua de Mel”, em homenagem ao cantor Reginaldo Rossi. A compositora Lia Sophia deixou por último um de seus maiores sucessos, a canção “Ai Menina”.

Logo após, quem subiu ao palco foi a cantora Nena Queiroga, com um show bastante dançante, trouxe hits do forró e marchinhas de carnaval. A última atração da noite foi esperada, segundo a Polícia Militar, por mais de 25 mil pessoas. Já passava da meia noite quando Alceu Valença iniciou sua apresentação.

O pernambucano interpretou vários sucessos, tanto de sua autoria como de grandes interpretes da música brasileira, entre elas, “Bobo da Corte”, “Baião” e “Morena Tropicana”. Ao final de sua apresentação, o cantor atendeu o pedido do público e retornou ao palco por duas vezes. Para hoje (25), o público aguarda grandes emoções com os shows de José Augusto e Fábio Júnior.

Reggae invadiu o Palco Pop do FIG

O palco de música pop, do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), localizado no Parque Euclides Dourado, voltou a funcionar. Recebendo, no início da noite de ontem (24), artistas que representaram o reggae. Às 18h, como primeira atração da noite, Hercinho Gouveia subiu ao palco.

Já com o espaço lotado, veio a segunda atração da noite: NZambi. A banda, que é a soma de reggae e outras influências de matriz africana, trouxe no seu repertório por músicas que falam da realidade de um povo excluído e indicando caminhos de superação. Na sequência, foi a vez da banda “King Size” se apresentar.

Finalizando a programação da noite, foi a vez da “Tribo de Jah” se apresentar. Destaque da noite, uma das bandas de reggae mais famosas do Brasil, era a atração mais aguardada do Palco Pop. Hoje (25), penúltimo dia do FIG, se apresentarão no Palco Pop: Tatu Goiaba, Francisco, Trio Eterno, Trummer SSA e O Terno.

Largo do Colunata é o espaço para a cultura popular no Festival

Frevo, reisado, música indígena, banda de pífano, quadrilha junina, troça carnavalesca, entre outras, foram algumas das atrações que passaram pelo Palco da Cultura Popular ontem (24). O espaço fica no Largo do Colunata, localizado na Avenida Santo Antônio, centro da cidade. Outras grandes atrações da cultura pernambucana vão passar pelo local até o sábado (26).

De acordo com o coordenador geral do palco e de Cultura Popular da Secretaria de Cultura do Estado, Paulo Otávio, esse ano, o lugar recebeu um grande número de Patrimônios Vivos durante as apresentações. “Esse é o nosso principal diferencial. Nomes como Selma do Coco, Leão Coroado, Estrela Brilhante de Igarassu, Mestre Galo Preto, Lia de Itamaracá e Caboclinho 7 Flexas do Recife, foram algumas dessas ilustres apresentações. Hoje ainda tivemos dois patrimônios vivos aqui: Clube Indígena Canindé e O Homem da Meia Noite”, destacou. Paulo trabalha há nove anos no FIG e há seis coordena a Cultura Popular no evento.

Atrações culturais de Garanhuns também estão presentes diariamente no local. Ontem foi a vez do Reisado Garanhuns Cultural, além do “Erem – Mix Pernambuco”, que fez o público dançar ao som de muito frevo. A comerciante Ana Paula, da cidade de Olinda, se encantou com o grupo Mix Pernambuco. “Gosto muito de frevo, esse é um ritmo tão nosso que ver de perto essas shows me enchem de orgulho”, contou.

Em média, duas mil pessoas passam pelo Largo do Colunata diariamente. Aproximadamente 70 atrações foram contratadas para o polo de Cultura Popular no 24º Festival de Inverno de Garanhuns.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Sétima noite do FIG homenageia Ariano Suassuna

O forró, a Música Popular Brasileira (MPB) e a poesia tomaram conta da Praça Cultural Mestre Dominguinhos, nessa sétima noite (23), do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). Abrindo a programação, subiu ao palco uma atração surpresa, o grupo “Em Canto e Poesia”, de São José do Egito. Cantaram e recitaram poesias. O repertório da noite, não só deles, mas de todos os outros artistas que se apresentaram, incluiu músicas em homenagem a Ariano Suassuna, que faleceu na tarde de ontem, e a Dominguinhos, completando um ano de sua morte.

Alexandre Revoredo foi a segunda atração da noite. Participaram de sua apresentação: Júlio Portela, Hercinho Gouveia e Catarina Barbosa. Logo após, foi a vez de Irah Caldeira subir ao palco e encantar o público. Sua apresentação contou com o lançamento de um CD. Irah comentou sobre a morte de Ariano. “Senti com pesar, pois faz exatamente um ano da morte de Dominguinhos e Ariano falece hoje. Foram grandes nomes que colaboraram fortemente com a nossa cultura”, afirmou.

Seguido do show de Josildo Sá e encerrando a programação da noite, quem comandou a Praça Mestre Dominguinhos foi Maciel Melo e Xangai, com o projeto Cantoria. Cantaram músicas reverenciando Ariano Suassuna. Maciel falou sobre sua herança. “Ariano não o vamos perder jamais, pois ele deixa pra nós esse legado de felicidade”, finalizou. Hoje (24), chegando a oitava noite do Festival de Inverno, se apresentarão no palco principal, a Orquestra Jovem de Pernambuco, Arthur Moreira e Rafael Garcia, Lia Sophia, Nena Queiroga e Alceu Valença.

Arte no Casarão acolhe exposição de artistas de Garanhuns e apresentações culturais

Há 11 anos o “Arte no Casarão” faz parte da programação do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). A tradição de expor e comercializar as obras de artistas locais e da região Agreste Meridional vem crescendo a cada ano. Este ano, o espaço funciona no salão da Associação Garanhuense de Atletismo (AGA), localizado na Avenida Rui Barbosa, bairro Heliópolis.

Nesta edição, a feira começou no dia 18 e segue até o próximo domingo (27), sempre das 10h às 22h, trazendo além das exposições, apresentações culturais de cidades próximas a Garanhuns e a exposição “Pernambuco Vivo”, criado pelo Jornal do Commercio, em parceria com o Governo do Estado, que revela os patrimônios vivos da cultura pernambucana.

A feira de artesanato funciona todos os dias, as apresentações iniciaram na sexta-feira (18), pararam na segunda (21) e voltam a acontecer hoje (24), seguindo até o sábado (26). Numa realização do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Pernambuco, o projeto Arte no Casarão tem apoio da Ferreira Costa, Grupo Jatobá, Bonanza Supermercados, Café Ouro Verde, Blue Net Provedor de Internet, Grupo Frango Natto e Prefeitura de Garanhuns. O evento tem ainda participação do Senar, na promoção de oficinas e exposição de produtos artesanais.

NOTA - Prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, sobre morte de Ariano Suassuna

Recebemos com grande pesar a notícia da morte do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna. Uma grande perda para a cultura e a literatura brasileira. Na última sexta-feira, o paraibano mais pernambucano que já vimos, fez uma belíssima aula espetáculo em nosso Teatro Luís Souto Dourado, no Centro Cultural Alfredo Leite e como sempre encantou a todos.

Numa triste coincidência, Ariano se foi no mesmo dia que no ano passado sofríamos com a perda do Mestre Dominguinhos, em pleno Festival de Inverno de Garanhuns. Dois grandes artistas que levaram a cultura popular e as histórias do Nordeste para o mundo, um por meio da música e outro por meio da literatura.

Em Garanhuns, iremos decretar o luto oficial de três dias pela morte do grande Ariano Suassuna e externamos à família e aos amigos os nossos sinceros sentimentos.

Polícia Militar informa sobre acesso à Praça Cultural Mestre Dominguinhos a partir de sexta (25)

A Polícia Militar informa ao público que vai prestigiar os shows da Praça Cultural Mestre Dominguinhos amanhã (25) e no sábado (26), que o acesso ao polo deve ser feito pela Rua Afonso Pena (rua por trás do palco, próximo da Unimed) e pela Rua Nilo Peçanha (a entrada principal). O acesso pela Rua Coronel Antônio Vitor (na lateral do palco, próxima à antiga sede do Corpo de Bombeiros) ficará sendo utilizada apenas para saída e emergências. A decisão do órgão de segurança foi feita visando evitar tumultos. 

quarta-feira, 23 de julho de 2014

FIG traz talentos da música clássica à Garanhuns

A Igreja Matriz de Santo Antônio é o palco das apresentações eruditas que acontecem durante o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). A programação de música clássica está dividida em dois momentos. Do dia 18 até o dia 21, o público apreciou o Conservatório Pernambucano de Música, e entre os dias 22 a 25, a 10º edição do Virtuosi na Serra, às 21h.

Nessa terça-feira (22), quem se apresentou foi o Duo Gastesi-Bezerra. Renomados internacionalmente, os pianistas Estibaliz Gastesi e Márcio Bezerra, se destacam pela variedade de obras, que vai do repertório tradicional ao contemporâneo. Tocaram músicas como: Before Sleep, de Lola Perrin e Ma mére I’Oye, de Maurice Ravel, que prenderam a atenção e admiração do público. Também fez parte do repertório dessa noite, Sonata, de Edino Krieger, até então inédita no Brasil.

João Valon Gueiros, produtor do Virtuosi, falou sobre a participação da orquestra no FIG. “É maravilhoso participar do Festival de Inverno dessa forma diferente, trazendo a música erudita. Alcançamos um público muito extenso, desde crianças até idosos, pra ver artistas renomados do exterior, isso é muito bom”, afirmou.

Durante esses dias de apresentações, o Virtuosi na Serra ainda trará grandes nomes da música clássica, como Adrian Daurov e Di Wu - todas elas na Catedral de Santo Antônio. Amanhã (24), a partir das 20h, a Praça Cultural Mestre Dominguinhos receberá a apresentação da Orquestra Jovem de Pernambuco, Arthur Moreira Lima e Rafael Garcia.

Luiz Caldas agita a sexta noite do FIG

Ontem (22), a banda garanhuense Lux Time abriu a noite de shows, no palco principal do Festival de Inverno. A surpresa do show foi a participação da pequena Milena Braz, de 10 anos de idade, filha de um dos músicos da banda. Milena já é acostumada a fazer participações especiais com a banda. O hit "De Janeiro a Janeiro" foi uma das canções que marcou a participação da pequena. 

A segunda banda a subir ao palco foi a The Rossi, a banda oficial do Reginaldo Rossi, formada em janeiro deste ano com o objetivo de homenagear o rei do brega. Em sua primeira apresentação na cidade de Garanhuns, relembraram sucessos de Reginaldo. Um dos destaques do show foi quando o grupo tocou a música “Garçom”, momento em que todos os músicos colocaram uma peruca em homenagem à Rossi, arrancando aplausos do público.  

Passava das 23 horas quando o cantor Luiz Caldas iniciou seu show. Conhecido como o “Pai da Axé Music”, o baiano trouxe para o FIG a energia positiva e ritmada da sua terra natal. A música “O Que Essa Nega Quer?” foi uma das primeiras de sua apresentação. O compositor mostrou muita animação e sacodiu a praça ao som de hits como “Haja Amor”, “Tarraxinha” e “Tieta”.

A Academia da Berlinda fechou a noite de ontem, com um show dançante. O grupo, vindo de Olinda (PE), mostrou ao público um trabalho musical com influências em vários ritmos brasileiros. Hoje (23), a expectativa é para o show de Josildo Sá, de Marciel Melo e Xangai.